Português

Demanda Bioquímica de Oxigênio

A demanda bioquímica de oxigênio é a quantidade de oxigênio dissolvido necessária para os microorganismos aeróbicos degradarem a matéria orgânica presente na água.

Como é medido?

Baía de Guanabara

A demanda bioquímica de oxigênio foi medida em aproximadamente 20 estações de monitoramento entre 2013-2015. A proporção do tempo que a demanda bioquímica de oxigênio esteve abaixo dos limites para cada estação foi calculada e então espacialmente ponderada entre as regiões a serem reportadas.

Bacia Hidrográfica da Baía de Guanabara

A demanda bioquímica de oxigênio foi medida em aproximadamente 55 estações de monitoramento entre 2013-2015. A proporção do tempo que a demanda bioquímica de oxigênio esteve abaixo dos limites para cada estação foi calculada e então espacialmente ponderada entre as regiões a serem reportadas.

Os dados são fornecidos pelo INEA.

Cada amostra é comparada com um limiar para calcular uma pontuação em forma percentual de 0 a 100. As pontuações produzidas pelas estações de monitoramento são usadas para calcular a média específica de cada estação. As pontuações das estações de monitoramento presentes nas regiões distintas são usadas para calcular a média específica de cada região. O percentual do indicador é a média das pontuações de todas as regiões.

Níveis de limiar

O limite para a demanda bioquímica de oxigênio na Baía é 5 mg/l.
O limite para a demanda bioquímica de oxigênio na bacia hidrográfica é 5 mg/l.